Domingo, 23 de Janeiro de 2022
22°

Muitas nuvens

Ilhéus - BA

Geral ILHÉUS

Com avanço da vacinação, Sindicato luta pela imunização imediata dos comerciários

Entidade laboral convida a categoria e toda sociedade para que participem da carreata neste sábado (05), a partir das 9h.

04/06/2021 às 22h10 Atualizada em 04/06/2021 às 22h32
Por: Rick Fontes Fonte: Divulgação
Compartilhe:
 Advogada Dione Mattos, Presidente Crismélia Silva e Comitê da Juventude estendem a faixa da Campanha.
Advogada Dione Mattos, Presidente Crismélia Silva e Comitê da Juventude estendem a faixa da Campanha.

Após várias solicitações junto ao secretário de saúde, Geraldo Magela, para a vacinação imediata dos trabalhadores e trabalhadoras do comércio, o sindicato dos comerciários, através de sua Presidente Crismélia da Silva já conseguiu a vacinação dos balconistas de farmácias.

Em maio, Crismélia dialogou com as entidades patronais, Sicomercio, CDL-Ilhéus, Sindisuper e a Associação Comercial de Ilhéus, para que aderissem à campanha: "Comerciários São Essenciais, Vacinação  Para Todos".

“A campanha do sindicato laboral pela vida dos comerciários tem o objetivo de vacinar imediatamente os trabalhadores e trabalhadoras do comércio de lojas e de mercados de toda base territorial representada pela entidade", salienta a presidente.

O Sindicato convida a categoria e toda sociedade para que participem da carreata neste sábado, a partir das 9h. A carreata é pelo direito da categoria à vacinação prioritária. De acordo com o sindicato, a presença é importante.

 "Se somos prioridade para abrir Lojas, Farmácias e Supermercados e funcionar na linha de frente via atendimentos, também somos prioridade na vacinação!" afirma Cris.

Saiba mais em secmi.org.br, no whatsapp do sindicato (73) 3231-1784 ou no  APP SECMI Comerciários Ilhéus no link http://bit.ly/secmiappilheus

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.