Ponto Sky
Decisão do Supremo

Ilhéus: STF decide que servidores efetivos devem continuar afastados

Os sindicatos aguardam a publicação da decisão para saber que medidas vão adotar a partir do entendimento dos ministros do STF.

03/06/2019 07h30
Por: Jamille D'Paula
137

O Supremo Tribunal Federal (STF), através de uma decisão do presidente Dias Tóffoli, derrubou hoje a liminar do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-Ba) que garantia a reintegração dos servidores públicos da Prefeitura de Ilhéus contratados entre 1983 e 1988 e demitidos pelo prefeito Mário Alexandre, no dia 7 de janeiro deste ano.

Os sindicatos aguardam a publicação da decisão para saber que medidas vão adotar a partir do entendimento dos ministros do STF. “A guerra não está perdida. Há outros recursos a ser julgados e, com certeza, venceremos”, afirmou um dos advogados dos servidores, Iruman Contreiras.

Agora a tarde, haverá uma reunião de emergência convocada para acontecer na APPI/APLB, quando será explicada a decisão do STF. Esta foi a primeira vitória da Prefeitura nas sete tentativas de barrar a liminar do TJ-Ba. Nas outras seis, os trabalhadores sairam vitoriosos.

Iruman Contreiras considerou a decisão monocrática. “Cabe embargos. Ainda não vi toda a fundamentação, apenas a conclusão.  Estamos fazendo avaliações inclusive das peças processuais”

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.