Ponto Sky
Incidente

Vídeo: Caixão com defunto cai de carro e desliza em ladeira

Ladeirão é terror de condutores por ser muito íngreme

22/05/2019 08h34Atualizado há 4 meses
Por: Jamille D'Paula
Fonte: Correio
487
Quatro homens carregam caixão no pé da ladeira (Foto: Denis Paim/Leitor CORREIO)
Quatro homens carregam caixão no pé da ladeira (Foto: Denis Paim/Leitor CORREIO)

"É brincadeira! O caixão caiu, véi! Subindo a Ladeira da (Cajazeira) 8. O morto não pode nem ter mais paz!” A observação consta na narração de um vídeo publicado em grupos de WhatsApp, nesta terça-feira (21), e dá conta de um incidente ocorrido no início da tarde no famoso Ladeirão da Oito, que liga a Via Regional ao bairro de Cajazeiras 8, em Salvador.

“Pobre morto. E o pessoal buzinando, enchendo o saco. Contando assim, ninguém acredita, né? Que situação!", complementa o autor do vídeo, que não teve como ajudar a devolver o caixão com o defunto ao carro funerário.

Mas, com ajuda de alguns motoristas menos impacientes (parte deles até com um sorriso no rosto, diante da situação pra lá de inusitada), o corpo acabou devolvido ao veículo que lhe conduziria à morada eterna.

Uma das testemunhas do incidente foi o presidente da Associação Geral dos Taxistas (AGT), Denis Paim.

"Eu estava descendo a Ladeira da Oito, e esse carro estava subindo... Foi quando chegou quase no meio da ladeira, o caixão caiu", comentou o taxista, explicando em seguida o motivo não ter ajudado no recolhimento do caixão, que escorregou mais de 50 metros: "Eu estava com passageiro".

Apesar disso, deu pra fazer um registro fotográfico rápido, já que o trânsito parou na hora pra acompanhar a cena digna de certo romance amadiano.

Apesar de não figurar, oficialmente, entre as 10 ladeiras mais íngremes de Salvador, o Ladeirão da Oito é ponto frequente de acidentes há vários anos.

 

Em 2012, por exemplo, um caminhão-baú ficou pendurado em um barranco às margens da via. O motorista tentou subir a ladeira, que é proibida para ônibus e caminhões, e, sem forças, teve que descer de ré. Foram precisos dois guinchos para retirar o veículo do local.

No ano anterior, outro caminhão, pertencente a uma rede de móveis e eletros, também não teve sucesso ao tentar enfrentar a subida e acabou tombando na via. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.