Ponto Sky
Reforma Comprometida

Marcelo Ramos: "Ou o Congresso assume ou não vai ter reforma"

DDeputado participou de uma sessão especial na Assembléia Legislatgiva da Bahia

21/05/2019 01h59
Por: Rick Fontes
188
DDeputado participou de uma sessão especial na Assembléia Legislatgiva da Bahia
DDeputado participou de uma sessão especial na Assembléia Legislatgiva da Bahia

O deputado Marcelo Ramos, presidente da Comissão Especial da Reforma da Previdência na Câmara dos Deputados, afirmou que a Câmara precisa tomar o protagonismo da Reforma ou o Governo Federal não será capaz de conquistar os 308 votos necessários. O pronunciamento foi feito na manhã desta segunda-feira, 20, durante uma sessão especial na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), em Salvador.

De acordo com Marcelo Ramos, o Governo Federal não possui diálogos com os outros poderes, ferindo a democracia do país.

"Infelizmente o Governo [Federal] tem pouco espírito democrático, espírito de diálogo, com os poderes e isso, obvamente, contamina. Mas nós já decidimos blindar a reforma e não vamos permitir que essas atitudes do executivo, que hostiliza o parlamento, e contamina um tema que é importante para o país", comenta o deputado.

Além disso, Marcelo também esclareceu que a nova proposta da Reforma da Previdência oferecida pelo Congresso é um substitutivo para que possa haver novos diálogos com as emendas.

"Não se fala de uma nova proposta, mas um substitutivo para a síntese que o relator vai fazer com o projeto do Governo em conjunto com as emendas. O protagonismo do Congresso já está claro diante da incapacidade do Governo de conseguir os 308 votos para aprovar a reforma. Ou o Congresso assume ou não vai ter reforma", diz Marcelo.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.